Prefeita sanciona lei que recomenda companhias aéreas a citarem chegada de voos em Várzea Grande e não em Cuiabá

A lei que recomenda as companhias aéreas a mencionarem durante os voos que a chegada, no Aeroporto Marechal Rondon, é em Várzea Grande, região metropolitana, e não em Cuiabá, como acontece atualmente, foi sancionada pela prefeita Lucimar Campos (DEM), na semana passada.

A lei prevê que, após o pouso, o comandante diga a seguinte frase: “Senhoras e senhores sejam bem-vindos a Várzea Grande (…) Por medidas de segurança mantenham-se sentados até que o aviso para desatar os cintos seja desligado”.

O projeto, de autoria do vereador Rogério França Martins (PV), já havia sido aprovado pela Câmara de Vereadores em novembro de 2019.

O objetivo, conforme o projeto, “é manter a identidade do município de Várzea Grande aos que aqui chegam ou passam”. Além disso, ressalta que a citação da forma como é feita hoje é enganosa.

A justificativa apresentada pelo autor do projeto cita que há vários anos existe uma discussão no município sobre o motivo pelo qual, quando uma aeronave comercial de passageiros pousa no Aeroporto Marechal Rondon, o comandante anuncia que o destino é a cidade de Cuiabá.

G1-MT

You may also like

Deixe o seu comentário