Inscrições no vestibular do Instituto Federal de Mato Grosso acabam na sexta-feira

As inscrições para vestibular do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) estão abertas até o dia 10, exclusivamente pelo link seleção. Para participar da seleção é necessário ter concluído o ensino médio ou equivalente até a data da matrícula. Outro requisito é ter realizado o processo seletivo do Enem 2016, 2017, 2018 ou 2019. Não haverá cobrança de taxa de inscrição para participação deste processo seletivo.

São ofertadas 504 vagas para os campi  de Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Cuiabá, Juína, Confresa, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, São Vicente, Sorriso e Várzea Grande, Diamantino, Guarantã do Norte, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra e dois centros de referência Jaciara e Campo Verde.

Segundo o edital, em 2019, excepcionalmente, não serão destinadas vagas para o preenchimento por candidatos que optarem pelo Sistema de Seleção Única do Ministério da Educação (Sisu).

No ato da inscrição, o candidato poderá optar por concorrer às vagas reservadas (cotas) para pessoas com deficiência (PcD) e para o sistema de ações afirmativas/cotas sociais. Para participar no sistema de cotas, o candidato deve se atentar às regras do edital.

Durante o preenchimento do formulário de inscrição, o candidato deverá ter em mãos o número do CPF, da cédula de identidade ou documento equivalente com validade nacional e o número de inscrição com o qual fez a prova do ENEM.

No dia 20 de janeiro, o IFMT disponibilizará para os candidatos a confirmação de inscrição, contendo o nome, o número de inscrição, o curso pretendido e o turno no site. Serão anuladas as inscrições que não obedecerem às determinações contidas neste edital.

Para que sejam obtidas as notas das provas objetivas e da redação, é necessário digitar duas vezes o número da inscrição do ENEM. O não cumprimento desta regra do edital impossibilitará não só o acesso às notas obtidas pelo candidato, mas também o eliminará automaticamente da concorrência.

O resultado do Vestibular ENEM 2020/1 será classificatório/eliminatório, e as chamadas obedecerão à ordem decrescente de classificação, ou seja, da maior nota para a menor de acordo com a modalidade (cotas ou ampla concorrência) pela qual o candidato optou no ato da inscrição.

You may also like

Deixe o seu comentário