Vigilância Sanitária investiga churrascaria Favo de Mel

A Churrascaria Favo de Mel, inaugurada em agosto do ano passado em Cuiabá, vem sendo investigada pela Vigilância Sanitária, após diversos relatos no final do mês de dezembro de pessoas com possíveis  intoxicação alimentar.

A unidade passou por uma recente inspeção sanitária, porém de acordo com o gerente da Vigilância Sanitária Divalmo Mendonça, a inspeção não detectou a presença de produtos fora do prazo de validade ou com armazenamento inadequado, por exemplo.

No entanto, há itens exigidos que não foram localizados na churrascaria como o plano de controle de pragas, dentre outros documentos. Foi fixado prazo de 40 dias para que a Favo de Mel se adeque e faça a regularização do estabelecimento.

Os primeiros casos foram atendidos em hospital particular, que não notificou a possibilidade de surto. Segundo a Secretária Municipal de Saúde (SMS), assim que surgiram as notificações, equipes de Vigilância Epidemiológica e de Vigilância Sanitária foram acionadas para apurar o caso, conforme protocolos técnicos específicos.

A gestora do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, Moema Blatt, explicou que devido à demora das notificações as vítimas já estavam assintomáticas, dificultando a coleta de material biológico para diagnóstico laboratorial.

No momento, o restaurante é monitorado pela fiscalização sanitária com o objetivo de evitar novas ocorrências de tal magnitude.

O estabelecimento pertence ao cantor Marrone, da dupla com Bruno.

You may also like

Deixe o seu comentário