Estoques de máscaras e álcool em gel esgotam em farmácias de Cuiabá e Várzea Grande

A procura por máscaras cirúrgicas descartáveis e álcool em gel tem sido maior que a oferta de produtos nas farmácias de Cuiabá e Várzea Grande, nos últimos dias, por causa do coronavírus.

Em alguns comércios os produtos estão em falta há alguns dias e em outras os produtos são vendidos rapidamente e as prateleiras ficam vazias no mesmo dia.

Seis farmácias localizadas em diferentes pontos da cidade, mas a maioria na região central onde ficam as maiores lojas e em duas delas ainda é possível encontrar máscaras e álcool em gel, porém, em poucas quantidades.

Uma farmácia que fica na Avenida General Mello, no Centro, disse que a loja só tem álcool porque fabrica o produto, diferente da maioria dos estabelecimentos do ramo. Semanalmente são feitas reuniões para definir a distribuição do álcool em gel.

Os preços variam de R$ 5 a 25, dependendo do tamanho da embalagem.

A procura maior é por álcool em gel para as mãos.

Como utilizar a máscara?

  • Antes de colocar a máscara, higienize as mãos com álcool ou água e sabão.
  • Cubra a boca e o nariz ao tossir e se certifique que não há buracos entre a máscara e a pele.
  • Evite tocar a máscara enquanto estiver a utilizando. Caso a toque, higienize as mãos.
  • Substitua a mascará sempre que ela estiver úmida.
  • Nunca a reutilize.
  • Sempre remova a máscara puxando a parte traseira , nunca toque a parte que fica em contato com a boca e o nariz. Se o fizer, higienize as mãos.
  • Jogue fora imediatamente em um lixo fechado. Higienize as mãos.

You may also like

Deixe o seu comentário