Cuiabá enfrenta o Guarani em Campinas hoje e pode ampliar vantagem na liderança da Série B

O Cuiabá joga esta noite, às 20h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, para abrir vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B e para manter a invencibilidade diante do Guarani, já que nos dos confrontos entre as equipes, o Dourado levou a melhor. O treinador Marcelo Chamusca ainda não pode contar com o lateral-direito Lenon, com os volantes Auremir e Rafael Gava e com o atacante Felipe Ferreira, ambos em recuperação de lesão. Por outro lado, o volante Jean Patrick foi liberado e viajou com o time e nenhum atleta está suspenso por cartão.

Fora as lesões que tiraram jogadores importantes do Dourado, Chamusca está de olho na condição física dos atletas que sofrem com a sequência desgastante. Semanalmente são feitos exames para verificar o risco de lesão e o treinador tem apresentado surpresas na escalação.

Contra o Guarani, levando em consideração o grupo que viajou, Chamusca pode começar com João Carlos, Hayner, Éverton Sena, Anderson Conceição e Romário; Matheus Barbosa, Luiz Gustavo (Ferrugem) e Élvis; Felipe Marques, Yago e Élton.

As duas equipes vêm de vitórias, já que o Cuiabá bateu a Ponte Preta, na última sexta-feira, por 2 a 1, na Arena Pantanal, e o Guarani, que briga na parte baixa da tabela (em 18º na zona de rebaixamento com 14 pontos) venceu o CRB, por 3 a 1, no sábado e esboça uma reação, o que preocupa Chamusca, que conhece bem o clube por tê-lo treinado em 2016.

“Nossa expectativa é para mais um jogo difícil. Conheço bem o Guarani, por ter trabalhado aqui. É um clube que a torcida cobra muito pelos resultados, até mesmo pela grandeza e história do Guarani. Todas as vezes que se joga no Brinco de Ouro são partidas difíceis e está também será, já que o Guarani vem de vitória e busca sair do G4”, declarou Chamusca.

Além do reencontro de Chamusca, os jogadores também reencontrarão velhos conhecidos. Os mais antigos de Cuiabá têm o atacante bugrino Júnior Todinho como amigo, já que até o ano passado o atleta defendeu as cores auriverde. O recém-chegado Luiz Gustavo também encara o jogo com sentimentos especiais. Em 2019 o zagueiro vestiu a camisa do Bugre, foi capitão do time e caiu nas graças da torcida pelo seu desempenho e dedicação ao clube do interior paulista, mas agora, diz que quer escrever sua história com o Cuiabá.

“Tenho ótimas lembranças de quando joguei no Guarani. Cheguei no meio da temporada, mas acabei me adaptando bem ao time e o rendimento coletivo foi melhorando. Guardo com carinho minha passagem pelo Bugre e, com certeza, vai ser muito bacana reencontrar com o pessoal, mas, claro, depois que o juiz apitar, minha história fica fora de campo. Nosso foco é sair de Campinas com os três pontos, e eu, particularmente, quero manter minha invencibilidade pelo Cuiabá. Desde que cheguei aqui, não perdemos nenhuma partida, e no que depender de mim vamos manter essa escrita”, afirmou.

Classificação
1º – Cuiabá – 32 pontos
2º – Ponte Preta – 27 pontos
3º – Chapecoense – 26 pontos
4º – América-MG – 26 pontos
5º – Juventude – 23 pontos
6º – Paraná – 23 pontos
7º – Avaí – 22 pontos
8º – Operário – 22 pontos
9º – CRB – 20 pontos
10º – CSA – 19 pontos
11º – Confiança – 19 pontos
12º – Vitória – 18 pontos
13º – Brasil de Pelotas – 18 pontos
14º – Sampaio Correia – 17 pontos
15º – Náutico – 15 pontos
16º – Botafogo-SP – 14 pontos
17º – Figueirense – 14 pontos
18º – Guarani – 14 pontos
19º – Cruzeiro – 12 pontos
20º – Oeste – 7 pontos

Só Notícias

You may also like

Deixe o seu comentário