Procon-MT disponibiliza vídeo com passo a passo para registro no Mutirão Virtual de Renegociação de Dívidas

O Procon-MT estará promovendo, até o dia 31 de março, o Mutirão Virtual de Renegociação de Dívidas para consumidores que possuem dívidas junto a bancos e outras instituições financeiras.

Para auxiliar os usuários no registro da proposta de negociação, que ocorre exclusivamente pela internet, o órgão preparou um vídeo com o passo a passo de uso da ferramenta, disponibilizada através da plataforma www.consumidor.gov.br 

Para participar do Mutirão, é necessário que o consumidor possua um e-mail válido para cadastro na plataforma. Também é imprescindível o registro correto de seus contatos, como e-mail e telefones, pois esses dados serão utilizados pelos bancos e e instituições financeiras participantes na hora do atendimento.

O Procon-MT orienta ainda aos consumidores que, no momento da descrição de seu relato sobre a dívida, seja informada a participação no Mutirão com a seguinte hashtag:  #MutiraoProconsBrasil

Após o registro, o banco ou instituição financeira tem o prazo de 15 dias para apresentar uma proposta ou resposta ao consumidor. Terminado este prazo, o consumidor passa a ter 20 dias para avaliar o retorno dado pela empresa. 

Sobre o Mutirão

A ação é uma iniciativa da Associação Brasileira de Procons (PROCONSBRASIL), juntamente com o Procon-MT e outros órgãos de defesa estaduais e municipais. O objetivo é alcançar os consumidores que possuem dívidas junto a bancos e outras instituições financeiras e, assim, restabelecer o equilíbrio do orçamento doméstico das famílias que estão endividadas.

Após ser acionada pelo Procon-MT e demais órgão de defesa do consumidor, a PROCONSBRASIL programou com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) a adesão das instituições financeiras à ação, viabilizando condições favoráveis ao: pagamento, ajuste do valor das parcelas, à periodicidade dos pagamentos, à redução dos juros e multas, além de condições para a quitação do débito. 

Procon MT

You may also like

Deixe o seu comentário