Aeroportos de Barra e Cáceres receberam investimentos para ampliação e reforma

Os aeroportos de Barra do Garças e de Cáceres vão receber investimentos na ordem de R$ 52 milhões da Secretaria de Aviação Civil (SAC). O valor deve ser disponibilizado a partir de janeiro de 2020, sendo que serão destinados R$ 30 milhões para Barra e R$ 22 milhões para Cáceres.

Os aeroportos são administrados pelas prefeituras municipais, que depois da reforma e ampliação poderão abrir licitação para cedê-los à iniciativa privada, como ocorreu com os aeroportos de Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop e Alta Floresta, que estão em fase de transição para o consórcio que arrematou os aeroportos em leilão realizado em março deste ano.

De acordo com o senador Wellington Fagundes (PL), os valores serão destinados para ampliação e reforma das pistas e melhorias nos saguões de embarque e desembarque. O aeroporto de Barra do Garças também era para fazer parte do pacote de concessão. Como não aconteceu, juntaram com o prefeito de Barra do Garças, e a Secretaria de Aviação Civil, que já aprovou investimento de R$ 30 milhões naquele aeroporto, para fazer parte de toda essa integração da aviação regional.

Um terceiro aeroporto que também receberá recursos federais para ser ampliado é o de Matupá, mas o projeto de reestruturação junto à SAC ainda está em fase inicial.

O aeroporto de Barra do Garças é o maior aeroporto da região Leste do Mato Grosso, localizado a 15 km do Centro da Cidade, é importante entreposto local. Com um movimento médio o aeroporto pode receber aeronaves de médio e grande porte.

Já o de Cáceres esta localizado na região Sudoeste de MT. Foi construído em 2000 pelo então Governador Dante de Oliveira. É o maior aeroporto desta região, além de ser um importante meio de chegada ao pantanal norte.

You may also like

Deixe o seu comentário