Luverdense precisa vencer o Operário e torcer contra o Mixto domingo para ‘escapar’ do rebaixamento

Ainda com grandes chances de ser rebaixado para Série B do Campeonato Mato-grossense, o Luverdense Esporte Clube vai à Várzea Grande, para encarar o Operário Várzea-grandense, em busca uma vitória salvadora e essencial para seguir sonhando com uma vaga na segunda fase e, consequentemente, afastar o fantasma do rebaixamento. O jogo será no domingo, às 10h, no estádio Dito Souza.

Dependendo do resultado da partida de amanhã, entre Mixto, que é adversário direto contra o rebaixamento, e Poconé, o Luverdense pode se classificar já nesta rodada. Uma derrota do Tigre, combinada com uma vitória do LEC elimina qualquer chances do time cair. No entanto, LEC tem que fazer o dever de casa, já que conquistou apenas uma vitória em jogos oficiais esta temporada e vem de uma goleada para o Sinop, por 5 a 3.

Para a partida, o técnico Toninho Pesso, não poderá contar apenas com o lateral esquerdo Murilo, expulso na partida contra o Galo do Norte. Em seu lugar o treinador deverá improvisar o meia Samuel. Em contrapartida, o grupo terá o retorno do atacante Reginaldo Bala, que não jogou o último compromisso por estar lesionado. Na zaga, Raphael, que foi substituído diante do Sinop, após receber uma pancada na cabeça, também treinou durante a semana e está à disposição.

A equipe para enfrentar o Operário deve ter: Felipe Rocha no gol, Rhuan na lateral direita, Raphael e Kaique na zaga e Samuel na lateral esquerda. Jean, Mendes e Alan devem compor o meio campo e o ataque deve ter Reginaldo Bala, Marcelinho e Isac.

A delegação viaja amanhã para o compromisso decisivo. O confronto terá a arbitragem de Leonardo Lorenzatto, auxiliado por Fernanda Kruger e Gustavo Anibal Taques.

You may also like

Deixe o seu comentário