Prefeitura promete plano para retomada do comércio na próxima semana

A Prefeitura de Cuiabá anunciou que vai montar o plano de reabertura do comércio na próxima semana. Empresários serão chamados a partir do dia 13 para discutir as medidas para a retomada gradual do setor, um dos principais afetados pelo regime de isolamento social.

Hoje, a restrição ao comércio tem prazo de validade até o dia 26 deste mês, conforme decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro.  Segundo ele, o plano de reabertura deverá obedecer as medidas de prevenção ao coronavírus.

“Vamos elaborar esse plano de retomada gradativa das atividades econômicas. Peço, mais uma vez, a compreensão de todos. Eu sei da pressão, das críticas que recebemos. Mas, temos a obrigação cuidar da vida da população”, disse o prefeito.

O funcionamento dos estabelecimentos tem sido ponto de disputa entre empresários e o governo de um lado e o prefeito Emanuel Pinheiro, de outro. Na semana passada, um protesto feito a carros se concentrou em torno da quadra da casa do prefeito em cobrança à liberação do comércio.

 

Pesquisa divulgada pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas ) aponta que 98% do comércio sentiu o impacto do regime de isolamento social decretada pelos municípios. Os empresários dizem que a medida afetou “negativamente e modo geral” suas atividades.

 

As vendas tiveram queda de até 86%. A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 28 de março com 354 empresários das cidades consideradas o centro da atividade econômica em Mato Grosso.

“Sabemos nas dificuldades enfrentadas e também em preocupo com o índice de desemprego que pode atingir Cuiabá. No entanto, quanto mais a gente dedicar nesse momento de isolamento social, mais cedo voltaremos a normalidade”, disse o prefeito.

Hoje mais cedo, o governador Mauro Mendes disse que os municípios que decretaram regimes de isolamento, mesmo sem a ocorrências de casos de circulação do vírus terão que arcar com os efeitos que medidas deverão gerar nos próximos meses.

You may also like

Deixe o seu comentário