Prefeito autoriza missas e cultos em Sorriso com participação reduzida de pessoas; feiras liberadas

O prefeito de Sorriso Ari Lafin assinou decreto, ontem (13), liberando a celebração de missas, cultos, microrreuniões de celebrações religiosas, com tempo máximo de duração de uma hora e com a capacidade máxima reduzida a 30% de participantes, uso obrigatório de máscaras para todos, uso de álcool gel nas entradas e saídas bem como ser observadas as demais normas de prevenção, higienização e distanciamento mínimo de 1,5 metro entre uma pessoa e outra.

As missas e cultos estavam suspensos, há cerca de 20 dias, desde o início da pandemia. Sorriso não tem caso confirmado da doença.

Lafin também liberou as feiras onde pequenos produtores vendem frutas, verduras, legumes mas devem usar máscaras, retirar todas as mesas e cadeiras a fim de evitar a permanência de pessoas no local. Os feirantes também devem usar álcool gel e ser disponibilizado nas entradas e saídas das feiras realizadas em barracões, que devem ter sistema de ventilação para circulação de ar no local.

“As feiras realizadas ao ar livre deverão obedecer ao distanciamento de 15 metros entre uma barraca e outra”. É proibida “participação de menores de 15 anos e idosos acima de 60 anos, diabéticos, hipertensos, com insuficiência renal crônica, com doença respiratória crônica, com doença cardiovascular, com câncer, com doença autoimune ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico, e gestantes e lactantes”. Também há “proibição do consumo de alimentos e bebidas.

O prefeito decidiu também manter o transporte coletivo urbano, devendo todos os passageiros utilizarem máscaras, ficarem sentados, com a utilização intercalada de um banco sim e outro não. Os ônibus deverão ser higienizados de hora em hora.

As aulas em Sorriso continuam suspensas até o próximo dia 30.

You may also like

Deixe o seu comentário