‘Peixe Santo’ será realizado por drive thru e terá quatro pontos de venda; confira

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico promove o evento Peixe Santo do dia 31 de março a 02 de abril em sistema de drive thru. A nova modalidade de comercialização foi adotada para atender as medidas de biossegurança em momento de pandemia da COVID-19.

Cada carro poderá adquirir até 5 peixes ao valor de R$ 15,90 kg em quatro pontos da cidade: Parque Tia Nair, Parque das Águas, Centro Cultural Silva Freire e Associação dos Criadores de Mato Grosso (ACRIMAT).

“O Peixe Santo é um evento muito simbólico em Cuiabá. O cuiabano é um povo de muita fé e tradição e neste momento tão difícil precisamos sim cumprir todas as medidas de biossegurança, por isso planejamos a venda pelo sistema drive thru, mas também não podemos perder a esperança de dias melhores e de celebrar a vida, a saúde de quem a gente ama”, pontuou o prefeito de Cuiabá.

O Peixe Santo vai acontecer no dia 31 de março (quarta-feira), das 8h às 18h, no dia 01 de abril (quinta-feira), das 8h às 19h e no dia 02 de abril (sexta-feira Santa), das 8h às 12h.

O projeto ocorre há quase 30 anos e já virou tradição em Cuiabá, sendo um evento que reúne, todos os anos, milhares de participantes, com resultado significativo no comércio de peixes, atingindo, em 2018, cerca de 140 toneladas.

No ano de 2020, o Peixe Santo não ocorreu, em razão das normas de enfrentamento ao novo Corona Vírus – COVID 19. Este ano, para manter a tradição e para evitar aglomerações, a Prefeitura irá retornar a execução do projeto, cumprindo as exigências relacionadas à biossegurança, de acordo com recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Estamos trabalhando muito para que seja um evento organizado e sem aglomerações. É uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro que a logística seja toda pensada para atender as medidas de biossegurança que o momento pede. Por isso, a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico trabalha em conjunto com a Semob, com o Corpo de Bombeiros, com a Polícia Militar, tudo para manter a segurança dos que passarem por um dos quatro pontos disponíveis para compra do peixe nos próximos dias”, disse o secretário de Agricultura, Francisco Vuolo.

Assessoria

You may also like

Deixe o seu comentário