Secretário de Saúde diz que variante Delta ainda não foi detectada em MT

O secretário estadual de Saúde de Mato Grosso (SES-MT), Gilberto Figueiredo, afirmou na manhã desta quarta-feira (1), que segundo dados oficiais, o Estado de Mato Grosso ainda não registrou a variante Delta dentro do território mato-grossense.

“Eu não tenho oficialmente até este prezado momento nenhum laudo do Instituto Adolf Lutz [em São Paulo], onde nós encaminhamos a amostra do Estado de Mato Grosso. Nós já encaminhamos 50 amostras para fazer estudo com indicativos da possível variante Delta. As respostas destas [50 amostras], nenhuma aponta ainda oficialmente a variante Delta no Estado de Mato Grosso”, disse ele.

Segundo Figueiredo, o Estado pode receber essa confirmação de casos positivos da nova variante a qualquer momento, e reiterou que só poderá anunciar quando estiver com o laudo em mãos.

“Nós poderemos a qualquer momento receber. O Instituto recebe uma quantidade muito grande de amostras do Brasil inteiro. Então, nós também estamos na fila, mas ainda não posso anunciar oficialmente, porque eu só posso fazer isso a hora que eu tiver o laudo na mão”, pontuou o secretário.

Por fim, o chefe da pasta da saúde afirmou que procurou o Instituto após a possibilidade de uma possível publicação de boletim informando testes positivos, porém ao procurar o laboratório, foi informado que não procedia.

“Parece que houve publicação em um boletim, mas quando nós buscamos a informação junto ao Instituto, ele negou essa informação, dizendo que não foi ele que deu essa informação. Então, eu não tenho condições de assegurar que a variante Delta já está no Estado de Mato Grosso”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *